segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Investimento superior a 400 mil euros | Câmara adjudica requalificação da Escola Guilherme Stephens

Resultado de imagem para Escola Guilherme Stephens
A Câmara Municipal da Marinha Grande aprovou na sua reunião de 17 de agosto a adjudicação da requalificação da Escola Básica Guilherme Stephens, que irá representar um investimento superior a 400 mil euros.

A empreitada foi adjuficada à empresa Valeixa – Construção Civil, Lda., pelo valor de 408.833,20 €, a que acresce IVA à taxa legal em vigor e prazo de execução de 150 dias.

A intervenção contempla intervenções nesta Escola dos 1º, 2º e 3º ciclos, localizada na Rua Prof. Bento de Jesus Caraça, na Marinha Grande, nos espaços interiores vocacionados ao coletivo escolar e de dois módulos de salas de aula.

A empreitada é executada no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro 2020 e foi objeto de acordo de colaboração entre o Município e o Ministério da Educação.

Pretende-se assegurar a acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada, garantir maior eficiência energética e acústica dos espaços interiores mais relevantes e possibilitar o início de um processo de reconversão global de funções em compartimentos tendentes às necessidades mais imediatas da comunidade escolar.

No âmbito da requalificação da escola, prevê-se acrescentar o refeitório escolar; transferir a mediateca / biblioteca para o atual espaço polivalente, atualmente desprovido de fruição; dotar a circulação interior e exterior entre espaços de utilização coletiva de melhores condições de acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada. 

Vai ser promovido um maior conforto térmico, acústico e estético e um sistema mais eficiente de iluminação artificial LED e asseguradas novas valências do espaço interior existente como bar e papelaria.

Pretende-se conferir melhores condições de segurança e salubridade às atividades desportivas exercidas em recinto fechado, através da substituição integral de piso em soalho de madeira com várias décadas e da pintura interior global de paredes do pavilhão gimnodesportivo.

No âmbito do acordo com o Ministério da Educação, este transfere para o Município 26.470,59 euros, correspondente a metade do valor da contrapartida pública nacional da empreitada de requalificação da Escola.

Câmara adjudica requalificação da Rua Esquerda e Rua da Almoinha Velha

Resultado de imagem para Câmara Municipal da Marinha Grande

A Câmara Municipal da Marinha Grande adjudicou a empreitada de requalificação da Rua Esquerda e Rua da Almoinha Velha, na freguesia da Moita, na sua reunião de 17 de agosto.

As obras vão ser executadas pela empresa Contec – Construção e Engenharia, SA, pelo valor de 282.958,09 €, acrescido de IVA à taxa legal em vigor e prazo de execução de 120 dias.

As intervenções decorrem da identificação da degradação dos pavimentos existentes e da falta de infra-estruturas de drenagem das águas pluviais e de passeios ao longo destas vias e da necessidade de remodelar a rede de distribuição de águas devido à idade das condutas, bem como possibilitar a ligação de algumas habitações à rede doméstica existente através do prolongamento do coletor de saneamento doméstico.

A obra tem como principal objetivo reabilitar as infraestruturas existentes decorrentes da requalificação viária da referida rua, dotando-a de características adequadas ao acesso a pessoas com mobilidade reduzida, bem como promover uma melhoria global no que diz respeito à segurança rodoviária e pedonal.

Pretende-se ainda reformular a rede de distribuição de água dotar e prolongar as infraestruturas de drenagem de águas residuais domésticas, de modo a assegurar a drenagem gravítica das habitações existentes que ainda não estão servidas pela rede de saneamento.

Provedor Do Munícipe De Carregal Do Sal – Atendimento Público


A partir de amanhã, dia 22 de agosto, o Provedor do Munícipe de Carregal do Sal, Artur Jorge Saraiva Pereira da Silva, estará disponível para fazer atendimento público no edifício dos Paços do Concelho.
O Provedor atenderá os interessados todas as terças-feiras, entre as 14h30 e as 17h00, no Gabinete que lhe está afeto, localizado no 2.º piso do edifício dos Paços do Concelho.

Número de mortos nos atentados em Espanha subiu para 15

A polícia ainda não divulgou pormenores da ligação desta morte com os ataques terroristas
Resultado de imagem para Número de mortos nos atentados em Espanha subiu para 15
O número de mortos nos atentados terroristas de Barcelona e Cambrils subiu para 15, anunciou hoje o ministro do Interior da Catalunha, Joaquim Forn, numa conferência de imprensa.
Trata-se de um homem de 34 anos, de Vilagranca del Penedes, que foi encontrado morto apunhalado numa viatura que escapou ao controlo policial algumas horas depois do ataque em Barcelona e que reapareceu em Sant Just Desvern, próxima a capital da Catalunha.
A polícia ainda não divulgou pormenores da ligação desta morte com os ataques terroristas.
Na mesma conferência de imprensa participaram também responsáveis da polícia catalã que alertou que o suspeito dos atentados que está em fuga "é perigoso e pode estar armado".
O número anterior de mortos nos atentados de quinta-feira era de 14 pessoas, das quais 13 foram mortas no ataque da carrinha em La Rambla, em Barcelona, e uma mulher que morreu em Cambrils, horas depois.
As autoridades espanholas já identificaram as 15 pessoas mortas nos atentados.
Lusa

Motos antigas… velhas e novas amizades!

O 6º Passeio de Motas Antigas que foi organizado pela Nostramotor foi um êxito. Como não podia deixar de ser, este evento que juntou quase duas centenas de participantes trouxe ainda mais alegria aos alegres dias das Festas de Portomar e Cabeço.
Já fazendo parte da tradição destas Festas, o Passeio andou por muitas zonas do Concelho de Mira, tendo também - pela primeira vez - entrado pelo Concelho de Cantanhede, passando pelo Corticeiro de Cima. Aliás, esta passagem já faz parte dos planos para "alargar horizontes", como afirmou Pedro Miguel Gordo à reportagem do Jornal Mira Online...
Por ora, estes momentos que são abertos a todos os que amam o ronco das máquinas vão fazendo as delícias de quem as aprecia, por Mira e arredores. Desta vez também estiveram presentes para sentir a adrenalina, os elementos do Grupo Folclórico que veio da Camacha e que atuaram na noite anterior no Festival do Folclore. Com eles foi ainda mais delicioso assistir ao convívio... com eles o período da manhã e o início da tarde foram ainda mais divertidos... com eles a música foi outra, já que ao barulho das máquinas foi adicionado o som dos instrumentos musicais que colocaram todos a dançar!
Um enorme parabéns a toda a estrutura organizativa deste momento onde a integração foi nota dominante...
Francisco Ferra

Motor 24 | Erros de condução que podem causar avarias no seu carro


A utilização quotidiana do automóvel exige não só cuidados com a manutenção mecânica, mas também com o estilo de condução de cada automobilista. Cada condutor vai enraizando ao longo dos anos diversos costumes ou vícios ao volante que, consciente ou inconscientemente, tendem a causar danos nos seus automóveis. Alguns são óbvios e aprendem-se ainda na escola de condução, como o de não deixar o pé esquerdo "repousar" no pedal da embraiagem, mas outros hábitos há que decorrem da vida quotidiana e que podem resultar em reparações mais ou menos avultadas.

Para saber mais clique aqui: www.motor24.pt

Fonte: DN

Caminhada Das Colheitas E Convívio Das Concertinas, Em Parada - Inscrições Abertas


A Associação Recreativa de Parada promove, em setembro, duas iniciativas que integram o seu plano de atividades - a Caminhada das Colheitas, no dia 3, e o Convívio das Concertinas, no dia 17.
A primeira convida a uma caminhada de cerca de 10km, com grau de dificuldade média e celebra a época das colheitas agrícolas.
A segunda - Convívio das Concertinas, convida para um almoço, na sede da coletividade, e animação com o grupo “Concertinas de Mangualde”.
As inscrições para as duas iniciativas decorrem até ao dia 1 de setembro e podem ser feitas da seguinte forma:
- Presencialmente na sede da Associação Recreativa de Parada;
- No facebook acedendo a www.facebook.com/assocparada/ ;
- Por telemóvel através dos números 926 324 157 / 916 444 060 / 914 103 665.

Pesquisa revela que os monges vivem mais que os leigos

Monges

O pesquisador alemão Mark Louis, professor de análises demográficas, estudou o caso de mais de 10.000 religiosos enclausurados e verificou que os monges que praticam o isolamento e a castidade nos mosteiros vivem em média cinco anos mais que os leigos nas suas comodidades e lazeres. Segundo Mark, as causas não são biológicas, mas devem ser procuradas na rotina de regras antigas de séculos que estabelecem uma vida diária de oração e trabalho. O estudo pode causar um alvoroço na medicina moderna e patenteia a sabedoria da Igreja.

Fonte: ABIM

Mundo | "É perigoso e pode estar armado". Polícia lança alerta para apanhar suspeito


As autoridades catalãs divulgaram retratos de Younes Abouyaaqoub, o marroquino de 22 anos que, acreditam, conduziu a carrinha que matou 13 pessoas nas Ramblas

A polícia catalã divulgou hoje, à hora de almoço, quatro retratos de de Younes Abouyaaqoub, o marroquino de 22 anos que, acreditam, conduziu a carrinha que matou 13 pessoas nas Ramblas, no centro de Barcelona, na passada quinta-feira. "É perigoso e pode estar armado", indicam os Mossos d'Esquadra no Twitter.

Esta manhã, o conselheiro do Interior da Catalunha, Joaquim Forn, disse "que tudo aponta para que o condutor da carrinha" utilizada no ataque de Barcelona" seja "Younes Abouyaaqoub". A imprensa espanhola já havia revelado a identidade do suspeito e, hoje, o El País até havia divulgado imagens do marroquino a fugir nos corredores do Mercado de la Boquería, situado nas Ramblas, logo depois do ataque com a carrinha.

Fonte: DN

Zona da Ramblas em Barcelona evacuada pela polícia

Zona da Ramblas em Barcelona evacuada pela polícia

As autoridades espanholas cortaram por momentos o acesso às Ramblas, em Barcelona, e evacuaram toda a zona. Em direto na RTP 3, a enviada especial da RTP Sandra Felgueiras contou que foi criado um perímetro de segurança à volta da Praça da Catalunha, com vários carros da polícia de intervenção. Uma situação provocada por uma mochila suspeita que foi deixada num autocarro.

Um falso alarme terá estado na origem da operação da polícia, sabe-se agora. A polícia catalã confirmou que uma mochila suspeita, deixada num autocarro, levou a que a zona fosse bloqueada.

"Uma mochila suspeita num autocarro", disse um responsável da polícia catalã. "Não é nada de excecional, é algo que acontece com alguma frequência. Normalmente depois de acontecer um atentado, como ocorreu estes dias, o que acontece é que a cidadania está mais atenta e denunciada qualquer coisa que pareça suspeita".

O momento em que a zona foi fechada foi captado pela enviada-especial da RTP a Barcelona, Sandra Felgueiras.



Uma operação numa altura em que as autoridades confirmaram que o suspeito pelo ataque com uma carrinha está em fuga e poderá estar armado.

Foi também confirmado há momentos que 15 pessoas morreram na sequência do ataque na Praça da Catalunha.

Fonte: RTP

INTERNACIONAL Ramblas novamente evacuadas. Número de vítimas sobe para 15


A polícia da Catalunha está a evacuar as Ramblas no centro de Barcelona, onde na semana passada 13 pessoas morreram na sequência de um ataque.

TSF

Cinco Grandes Incêndios Permanecem Ativos

O fogo na Serra d’Aire e Candeeiros continua a ser o mais preocupante.
As chamas que deflagraram este domingo em Porto de Mós, e que já queimaram parte significativa da zona florestal da Serra d’Aire e Candeeiros, são as que geram maior preocupação e as que juntam mais bombeiros.
Ao todo no distrito de Leiria, segundo o site da Proteção Civil, estão 255 operacionais no combate às chamas.
Além deste fogo, há mais quatro considerados de grandes dimensões e que por isso geram maior preocupação, em Celorico de Bastos (Braga), Baião (Porto) e dois fogos em Resende (Viseu).
Parece não haver ainda o risco de habitações ameaçadas, no entanto o incêndio de Celorico de Bastos, Baião e Resende está a evoluir para terrenos com algumas habitações, confirmou o comandante Pedro Araújo, citado pela TSF.
De sublinhar que as condições climatéricas previstas, pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, para hoje não são favoráveis ao combate aos incêndios, pelo contrário, podendo mesmo potenciar o alastramento das chamas.
Aliás, a maioria dos concelhos do Interior Norte e Centro do país em risco máximo de incêndio.
Fonte: https://sol.sapo.pt/
Idem BPS

Um silêncio que mata


Entre os séculos XI e XIII os europeus mataram muçulmanos em nome de Deus e da superioridade do cristianismo sobre as outras religiões.
Celso  Filipe
Celso Filipe 20 de agosto de 2017 às 23:00

A disseminação da fé foi o pretexto então invocado para sujeitar outros povos e pilhar as suas riquezas. Outros tempos, onde o conhecimento era imberbe, o poder se exercia de forma unívoca, através de um rei, cujo poder era legitimado por um Papa e onde a democracia era um conceito inexistente.

No século XXI temos a ressurreição do barbárie sob a forma de ataques terroristas, onde uma determinada corrente islâmica mata em nome da superioridade da sua religião. O obscurantismo, dez séculos depois, é indesculpável, ainda que se invoquem atenuantes como o segregacionismo ou a exclusão social. Nenhum argumento é suficientemente forte e muito menos plausível para justificar atentados como o que aconteceu na quinta-feira em Barcelona.

Estes actos resultam do ódio, da ignorância e da manipulação de religião islâmica. É por isso imperioso exigir responsabilidades aos líderes desta religião que se encontram na Europa. Já não basta colocarem-se ao lado dos familiares das vítimas e verbalizarem a sua solidariedade, porque eles próprios são parte do problema e as mesquitas que administram transformaram-se, em muitos casos, nos locais privilegiados para fazer o recrutamento de terroristas. O proselitismo vence porque se aproveita das vulnerabilidades dos seus alvos e os faz acreditar que há algo capaz de os tornar únicos. O terror alimenta a intolerância e esta só beneficia os extremismos.


Os líderes religiosos islâmicos têm, assim, de ser mais activos na defesa da integridade dos espaços de culto e muito mais assertivos no combate verbal aos irmãos de fé que matam em nome de Alá e contrariam os ensinamentos do profeta Maomé: "Não é forte quem derruba os outros; forte é quem domina a sua ira".

Entre as cruzadas do século XI e o século XXI existiu um percurso de crescimento civilizacional e de separação entre os poderes religioso e político. O terrorismo islâmico parou algures no tempo e baseia-se numa estrutura de pensamento medieval e no preconceito de uma supremacia religiosa descabida de sentido.

Quem tem o poder de influenciar os seguidores da fé islâmica (Estados e líderes religiosos), tem também o dever de combater os mentores e autores destes actos hediondos. Caso contrário tornar-se-ão, por omissão, cúmplices destas atrocidades.

Fonte: jornal de Negócios

Carro atinge paragens de autocarro e faz um morto em Marselha

Resultado de imagem para Carro atinge paragens de autocarro e faz um morto em Marselha
Pelo menos uma pessoa morreu - uma mulher de 42 anos - depois de um carro ter atingido, de acordo com a BFMTV, duas paragens de autocarro em Marselha. As autoridades pediram às pessoas para evitarem a zona. O condutor do automóvel terá sido detido. Uma outra pessoa ficou ferida.

"Neste momento, não temos informações sobre os motivos deste indivíduo", disse fonte das autoridades à Reuters.

No Twitter, as autoridades locais confirmam o incidente e pedem às pessoas para evitarem o local.

Ainda de acordo com a BFMTV o indivíduo detido é um homem de 35 anos, conhecido das autoridades.

Buscas pelo autor do ataque nas Ramblas alargadas a toda a Europa

Younes Abouyaaqoub era o condutor da carrinha do ataque
O governo catalão confirmou hoje que Younes Abouyaaqoub era o condutor da carrinha que levou a cabo o ataque nas Ramblas, centro de Barcelona, na quinta-feira passada e no qual morreram 13 pessoas (a 14.ª vítima mortal destes atentados foi atropelada em Cambrils, horas depois).
O conselheiro do Interior do governo da Catalunha, Joaquim Forn, disse na Rádio Catalunha que este marroquino de 22 anos é o autor material do ataque e que recai sobre ele um mandado internacional de busca e captura. Atualmente, diz o governante, as autoridades trabalham com a hipótese de que havia apenas um condutor.
Joaquim Forn admitiu que, apesar de não existirem indícios de que Younes Abouyaaqoub já tenha saído da Catalunha, as autoridades coordenaram-se com as forças policiais europeias e que o suspeito é atualmente procurado em toda a Europa.
Inicialmente, o autor material do crime fora identificado como Moussa Oukabir, de 17 anos, mas, na noite de sexta-feira, o chefe da polícia catalã admitiu que a hipótese de este ser o principal suspeito perdia peso. O jovem foi um dos cinco mortos em Cambrils, durante um segundo atentado na madrugada de sexta-feira.
Durante as primeiras horas após o atentado, Younes Abouyaaqoub foi dado como morto, mas a polícia veio desmentir entretanto este facto e garantiu que o marroquino estava a ser procurado.
Questionado pelos jornalistas, o conselheiro do Interior do governo autónomo catalão acrescentou que o Abdelbaki Es Satty, imã de Ripoll, "não tinha antecedentes" e que a "comunidade muçulmana não pensava que fosse um radical".
Joaquim Forn referia-se ao alegado mentor do duplo atentado na Catalunha que fez 13 mortos, e que segundo investigações citadas pelo El Pais terá morrido na explosão da casa de Alcanar, Tarragona.
No domingo, o jornal El Pais, citando fontes próximas da investigação, noticiava que o imã, um homem de 40 anos, podia "ser próximo do salafismo, uma corrente que defende uma interpretação do Islão e que defende a instauração de uma ordem islâmica".
Segundo as fontes da mesma notícia, na Catalunha há 79 locais de oração, sendo que "um em cada três seguem essa doutrina" (salafismo).
De acordo com notícias publicadas pelo Europa Press, o imã tem antecedentes criminais tendo cumprido uma pena de quatro anos de prisão por tráfico de droga.
Por outro lado, Joaquim Forn disse igualmente que "nesta altura está afastada a hipótese de um novo atentando" e que por isso "não foi ativado o nível de segurança cinco".
Lusa
Foro: DR

Moradores de Altura, Algarve, criticam presença de autocaravanas perto da praia

Resultado de imagem para Moradores de Altura, Algarve, criticam presença de autocaravanas perto da praia
Proprietários de residências da zona nascente de Altura acusam a Câmara de Castro Marim de nada fazer para impedir o parqueamento de autocaravanas em estacionamentos convencionais e junto à praia naquela localidade algarvia.
Desde o ano passado que se têm intensificado as queixas de moradores pelas largas dezenas de autocaravanas que parqueiam junto a vivendas da zona nascente de Altura e numa área de terra batida perto das dunas, com falta de condições de higiene e pernoitando no local, o que deveria ser feito, segundo os residentes, só em zonas próprias e adaptadas para o efeito.
Os autocaravanistas não têm no local acesso a água, eletricidade ou saneamento e não podem legalmente abrir toldos, colocar mesas fora ou exceder os limites do veículo estacionado, caso contrário ficam sujeitos a autos de contraordenação, movidos pelas forças policiais e encaminhados depois para as autarquias, que conduzem o processo até à aplicação de eventuais sanções, ao contrário de outros países da Europa, onde as coimas são imediatas.
João Neto veio do distrito da Guarda passar férias ao Algarve e parqueou a autocaravana em Altura, mas garantiu à agência Lusa que não tira mesas, não abre toldos nem incomoda moradores, pelo que “não se compreendem bem” as suas queixas, considerou.
“Esta é a velha regra de o justo pagar pelo pecador. Quando essas situações de pouco civismo acontecem, as pessoas devem ser punidas e já vi a GNR levantar autos a alguns, mas a maioria é respeitadora e cumpre as normas”, afirmou Carlos Abreu, outro dos autocaravanistas ouvido pela Lusa, lamentando a falta de parques próprios para estes veículos no Algarve.
Luís Amaro também parou a sua autocaravana em Altura e disse que os proprietários não têm razão, porque as autocaravanas “podem estar estacionadas como qualquer outro veículo, se não ocuparem zonas exteriores, o que acontece na grande maioria dos casos”, frisou.
Mas moradores como Rui Figueiredo e Rui Costa contrariaram esta versão, falando de “ruído na parte exterior dos veículos”, de “roubos de água e eletricidade das vivendas”, de descargas ilegais de lixo e resíduos e criticando a Câmara de Castro Marim por ainda não ter posto cobro a uma situação que os moradores dizem ter-se “agravado este ano”.
No ano passado, o presidente da autarquia, Francisco Amaral, garantiu que tinha “tolerância zero contra o autocaravanismo selvagem” e iria lançar ainda em 2016 obras para dois parques apropriados para estas viaturas.
A criação de “uma oferta integrada” de parques próprios e adaptados para receber estes veículos em Portugal é também uma solução defendida pela Federação Portuguesa de Autocaravanismo.
Francisco Amaral garantiu ainda que tudo iria fazer para “acabar definitivamente com esta situação”, mas um ano depois a zona continua com dezenas de autocaravanas e os moradores pedem uma solução para o problema.
“É coisa que demora o seu tempo, gostava de ter uma varinha mágica e de resolver de imediato tudo, mas o projeto demorou algum tempo a ser feito, tentámos arranjar fundos comunitários, mas não se conseguiu, vamos lançar o concurso para construção e exploração daquele projeto que nós fizemos, sobretudo para o parque de autocaravanismo de Altura”, justificou-se o autarca.
Questionado sobre quando o parque de autrocaravanismo de altura pode ser uma realidade, Francisco Amaral respondeu que prefere não definir prazos que depois podem não se cumprir.
Lusa

Mulher de 65 anos detida pela GNR em Fafe por suspeita de fogo posto

Uma mulher, de 65 anos, foi detida no domingo por suspeita de fogo posto, na localidade de Golães, segundo informação do Comando Territorial da GNR de Braga, através do sub-destacamento de Fafe.
Em comunicado, a GNR esclarece que a mulher foi detida cerca das 15:30 de domingo, quando fazia uma queimada.
"O incêndio teve origem numa queima de restolho na sua propriedade e alastrou-se por uma área com cerca de 100 metros quadrados a um anexo", acrescenta.
No combate às chamas estiveram os Bombeiros Voluntários de Fafe.
A detida "após prestar os formalismos legais", foi libertada e notificada para comparecer hoje no Tribunal Judicial de Fafe.
Lusa

Condomínio mais caro. O novo Orçamento. E Angola a voto

P
 
 
Enquanto Dormia
 
David Dinis, Director
 
Há 10 militares desaparecidos e cinco feridos, na sequência da colisão de um navio de guerra americano com um petroleiro, no estreito de Malaca, junto a Singapura. É o segundo acidente do género envolvendo um navio da marinha americana em poucos meses, anota o The New York Times.
O ataque em Barcelona foi preparado durante seis meses, sem nunca levantar suspeitas, conta esta manhã o El Mundo. Numa casa em Alcanar, a polícia catalã encontrou material para fabricar bombas, enormes quantidades de gás e indícios de contactos feitos com o Daesh. Nenhuma autoridade parece ter registo de radicalização anterior dos terroristas. O imã da cidade é o principal suspeito da sua rápida conversão, conta a Ana Fonseca Pereira.
Por cá, um erro obrigou a isolar a área internacional do Aeroporto de Lisboa. O desembarque de passageiros de um voo proveniente de Dacar, Senegal, não foi feito segundo as regras e o SEF decidiu agir preventivamente. No fim, tudo acabou por correr bem.
Domingo foi mais um dia negro no combate aos fogosum piloto morreunuma queda de um helicóptero; e ao final do dia havia mais de 4200 operacionais, apoiados por 1196 meios terrestres e 27 meios aéreos a combater 114 incêndios. Esta manhã, é em Porto de Mós que a maioria dos meios se concentra. O dia ainda é dealto risco em 15 distritos.
E foi também mais um dia de futebolo FC Porto redescobriu um goleador, oBraga chegou-se à frente e o Boavista continua sem pontuar. Lá fora, Neymar já rende ao PSG e o Chelsea acertou o passo, depois de uma entrada em falso.

No Público hoje

A nossa manchete é sobre alojamento local, explicando que os proprietários vão ter que pagar mais condomínio - preço de um acordo do PS com o Bloco de Esquerda. A São José Almeida explica.
Contamos-lhe também que o Orçamento volta de férias com greves à porta.Só Mário Centeno tem a chave para resolver os dois problemas. Na semana darentrée política do PS, António Costa aposta tudo na preparação dos fundos europeus(mas tem mais umas cartas para jogar).
Quando falamos de rentréefalamos também do regresso às aulasAs famílias vão poder gastar menos com compras - e a explicação é mais simples do que parece.
Na economia, há uma entrevista que nos abre pistas para o que aí vem: "É inevitável que o Lone Star e a Altice vendam o Novo Banco e a PT", diz Leonardo Mathias, ex-secretário de Estado da Economia numa conversa com a Cristina Ferreira.
Mas sobretudo queria chamar-lhe a atenção para as eleições em Angola. São já depois de amanhã e temos já vários textos publicados para perceber melhor o que está em jogo. Aqui vai uma síntese:
Do fim-de-semana há ainda uma série que não deve perder. Chama-se "a justiça em Portugal é “mais dura” para os negros" e é a primeira de uma série sobre o racismo em Portugal que a Joana Gorjão Henriques nos vai trazer ao longo do próximo mês. Racismo à portuguesa, sim: um em cada 73 cidadãos dos PALOP está preso - dez vezes mais do que a proporção que existe para os portugueses. 

Verão que é de ler...

O texto do Jorge Almeida Fernandes sobre a "batalha pela alma da América" - aquela onde Trump mostra uma neutralidade que não podemos, ninguém pode, aceitar.
A reportagem que descobriu uma vaga de imigração da elite brasileira em direcção a Portugal, com negócio atrás.
A entrevista à primeira reitora, mulher, da Universidade Católica. Sobre o que é ser minoria, sobre o difíceis que são hoje as relações humanas, sobre amar os outros como a nós próprios e sobre as utopias. No P2 Verão.
Não termino sem lhe dizer em Portugal vamos ver a Lua a mordiscar o Sol, avisando que é preciso ter cuidado com o olhar. Até porque o melhor do eclipse só se vai ver na América, a melhor solução é mesmo recorrer às tecnologias.
Chegou a hora de me despedir:
aqui fica um abraço nosso, o link em que nos pode encontrar e o desejo de sempre: tenha um dia (mesmo) feliz.

P.S. Ontem morreu Jerry Lewis, o multifacetado e talentoso humorista, realizador, argumentista, cantor, dançarino e actor norte-americano. Lewis dedicou toda uma vida a fazer-nos rir (e a mim deixa-me particular saudade, porque passei muitas horas da minha infância a ver os filmes dele com os meus avós). Aqui fica a nossa homenagem. Vai-nos fazer falta este humor anárquico e infantil.