terça-feira, 27 de junho de 2017

Aldeias de Portugal - Ovelhinha Distrito: Porto - Concelho: Amarante - Freguesia: Gondar

imagem não exibida
Ovelhinha é uma aldeia da freguesia de Gondar, a cerca de cinco quilómetros de Amarante. Situada na margem do rio Fornelo, é uma pequena aldeia típica, como que renascida das cinzas. Durante as Invasões Francesas, quando as tropas gaulesas batiam em retirada de Amarante, incendiara Ovelhinhas, que ainda hoje conserva as ruínas de algumas casas então destruídas pelo fogo. De resto, trata-se de uma pequena a ldeia..


.Ovelhinha, 4600 Amarante, Portugal

Egas Moniz ficará eternizado junto à casa onde nasceu

Resultado de imagem para Egas MonizCâmara assinala 90 anos da angiografia com inauguração de estátua
28.06.1927. Noventa anos após a realização da primeira Angiografia Cerebral, a Câmara Municipal de Estarreja presta homenagem ao cientista avancanense que a inventou. Esta quarta-feira, dia 28 de junho de 2017, é inaugurada a Escultura a Egas Moniz, que vai eternizar um grande Homem da nossa História. Uma iniciativa à qual se associa a SPNR – Sociedade Portuguesa de Neurorradiologia.
No rescaldo da Brain Week’17 – Semana do Cérebro e do Congresso Nacional de Neurorradiologia, que decorreu em Estarreja entre 31 de maio e 6 de junho, fruto de uma parceria entre a CME e a SPNR e que assinalou tão importante marco histórico para a Medicina Universal, a autarquia estarrejense promove a Sessão de Inauguração da Escultura a Egas Moniz, da autoria de Albano Martins, esta quarta-feira, pelas 10h30, na Quinta do Marinheiro, Avanca, onde se situa a Casa-Museu Egas Moniz.
Ao obter a primeira arteriografia do corpo humano vivo, Egas Moniz tornou-se no primeiro a conseguir ver os vasos sanguíneos do cérebro, num passo que revolucionou a Medicina. Hoje, passado quase um século, esta técnica continua a ser amplamente utilizada em todo o mundo. A angiografia cerebral é útil não só no diagnóstico, mas também no tratamento de doenças, como o AVC. Valeu ao professor o Prémio de Oslo
Quando em junho de 1927, consegui ver pela primeira vez as artérias do cérebro, através dos ossos do crânio, tive um dos maiores deslumbramentos da minha vida”.
Egas Moniz, no livro “Confidências de um Investigador Científico”

CÂMARA MUNICIPAL DE ESTARREJA

Praça Francisco Barbosa - 3864-001 Estarreja
Tel. (+351) 234 840 612 (Ext. 404) 

Albergaria conVIDA acolhe campanha solidária a favor das vítimas dos incêndios

O evento Albergaria conVIDA – Feira Regional de Artesanato e Gastronomia de Albergaria-a-Velha vai acolher uma campanha solidária a favor das vítimas dos incêndios de Pedrógrão Grande, que afetou também os Concelhos de Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Pampilhosa da Serra e Góis. Quem quiser ajudar pode comprar a pulseira “conVIDAS”, que vai estar à venda durante os quatro dias do evento, pelo valor simbólico de um euro.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha e o Município de Albergariaa-Velha dinamizam a campanha, apelando ao espírito solidário dos portugueses, com a finalidade de minimizar os estragos provocados pelos incêndios e reconfortar as vítimas, colaborando com as entidades locais no apoio e reorganização da comunidade residente nas zonas afetadas. A campanha conta igualmente com o apoio das empresas Resende & Seixas e MultiOpticas de Albergaria-a-Velha.

 O posto de venda da pulseira “conVIDAS”, que é assegurado pela ação de voluntários do Banco Local de Voluntariado do Município, fica situado ao lado da Biblioteca Municipal. As verbas angariadas serão depositadas na conta solidária criada para o efeito.

A mudança nas empresas

A palavra MUDANÇA requer muita atenção, pois ela suporta um conjunto de ferramentas que nos levam a alterar os nossos comportamentos!
O que observo nas empresas é que estas, hoje em dia, são realmente “obrigadas” a efectuá-las para se adaptarem ao mundo competitivo dos negócios! Todos nós já passámos por fases de mudança nas nossas vidas; umas positivas, outras menos positivas, mas sempre benéficas, de onde retirámos GRANDES APRENDIZAGENS!
Nas empresas acontecem situações semelhantes de constantes adaptações! Como o mercado não é estático, necessitamos de corrigir a rota no sentido de alcançarmos os nossos objectivos! A estruturação dos mesmos e a resiliência em atingi-los vai fazer com que a busca de algo diferente surja inevitavelmente no nosso caminho. Temos SEMPRE a OPORTUNIDADE de MUDAR, se para isso não desenvolvermos algum tipo de resistência.
No meu trabalho como Coach, identifico uma fórmula consistente: I  x  V  + PP >  R (Insatisfação  x  Visão  +  Primeiros Passos  >  Resistência), que desenvolve qualquer Pessoa ou Organização!
Numa primeira fase, a insatisfação faz com que nós possamos agir de forma diferente, criando um caminho para aumentarmos o nosso grau de satisfação! Juntamente com uma visão mais desenvolvida num espaço de 360º vai permitir-nos observar algo mais que não estávamos ainda a ver.

Seguido dos primeiros passos que são necessários dar podemos chegar a um nível bastante interessante!!! Estas 3 componentes juntas se formarem um todo maior que a resistência que, por vezes, acontece, superamos qualquer desafio e crescemos nas nossas empresas.

Quando alguém traça um objectivo, alguma vez pensou que a meta estava somente um passo mais à frente?

É verdade que, muitas vezes, ao desenharmos um plano de acção, este, apesar de uma estratégia bem definida e coerente, necessita de correcções e precisamos de acrescentar alguma mudança ao mesmo para atingirmos o SUCESSO!

Estamos igualmente a presenciar uma Era de Mudança em termos globais, onde o mundo está num frenético desenvolvimento. As nossas empresas criam sistemas para acompanhar esta aceleração não só a nível tecnológico, como também a nível de recursos humanos. A própria identidade das empresas sofre esse choque  e necessitamos de ferramentas ágeis para processar esses ajustamentos.

Esta simples fórmula descrita acima vai conduzir-vos ao encontro do sucesso, se corretamente aplicada. Utilizem-na nas vossas vidas e nas vossas empresas e digam-me o resultado!

Continuação de uma EXCELENTE semana com EXCELENTES Negócios!
Fonte: O Algarve Económico

Concurso para concessão de bar

A Docapesca – Portos e Lotas, S.A. publicou, esta Terça-feira, 27 de Junho, em Diário da República, o aviso de procedimento para atribuição de licença de exploração de um quiosque/bar situado na Avenida dos Descobrimentos, em Lagos.
A empresa que ganhar o concurso fica com o direito de explorar o espaço pelo período de 5 anos.
As condições da utilização (principais características da utilização, os critérios de escolha das propostas, bem como a data limite para a sua apresentação), constam de edital que pode ser consultado nos serviços da Docapesca – Portos e Lotas, S.A. em Faro, na Rua Miguel Bombarda, Edifício Varandas de Faro, Bloco D – Loja A, 8000-394 Faro e no website www.docapesca.pt.
As propostas podem ser entregues pessoalmente ou por correio registado com aviso de recepção nos serviços da Docapesca em Faro, na morada acima indicada, no prazo de 30 dias úteis a contar da publicação deste anúncio e devem ser mantidas durante 90 dias.
Fonte: O Algarve Económico

Tribunal europeu autoriza hospital a desligar suporte de vida de bebé Charlie

Juízes rejeitaram recurso dos pais de Charlie Gard, o bebé que está ligado a um suporte de vida num hospital londrino
Resultado de imagem para Tribunal europeu autoriza hospital a desligar suporte de vida de bebé Charlie
Já há decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos sobre Charlie Gard, o bebé com 10 meses que está internado há vários meses num hospital londrino, com uma doença rara, e no centro de uma batalha legal que opõe os pais e os médicos do hospital.
O hospital pretende desligar as máquinas que mantêm a criança viva, de modo a dar-lhe uma morte com dignidade, pois acreditam que mais nada pode ser feito pela criança, enquanto os pais, Chris Gard e Connie Yates, acham que o bebé poderia beneficiar de um tratamento experimental nos EUA. O casal já angariou mais de um milhão de libras em donativos para financiar a viagem.
O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) rejeitou o recurso dos pais de Charlie, seguindo assim a linha da decisão do Alto Tribunal de Justiça do Reino Unido, que autorizou o hospital a retirar a ventilação artificial a Charlie, permitindo que lhe fossem prestados apenas cuidados paliativos.
De acordo com a BBC, os juízes do TEDH acreditam que Charlie está a ser exposto a uma "dor e a um sofrimento contínuos" e que um tratamento experimental, "sem perspetivas de sucesso", não seria benéfico para a criança.
A BCC afirma ainda que o suporte de vida que mantém Charlie Gard vivo deve ser desligado dentro de dias. A decisão deverá ser tomada depois de ser levada em conta a opinião dos pais do bebé.

Fonte: DN

GNR Coimbra | Atividade operacional semanal

Atividade operacional semanal


O Comando Territorial de Coimbra levou a efeito um conjunto de operações, no distrito de Coimbra, na semana de 20 a 26 de junho, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:
  1. Detenções: 13 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • Sete por condução sob o efeito do álcool;
  • Um por condução sem habilitação legal;
  • Um por posse de arma proibida;
  • Um por incêndio/fogo posto.

  1. Apreensões:
  • Nove sementes de cannabis;
  • Uma planta de cannabis;
  • Uma arma de fogo;
  • Uma arma branca (moca).

  1. Trânsito:
Fiscalização: 297 infracções detectadas, destacando-se:
  • 172 por excesso de velocidade;
  • 26 por condução sob efeito do álcool;
  • 16 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 14 por falta de inspeção periódica obrigatória.
Sinistralidade: 62 acidentes registados, destacando-se:
  • Um ferido grave;
  • 20 feridos leves.

  1. Fiscalização Geral: 13 autos de contra-ordenação:
  • 12 no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente;
  • Um no âmbito da legislação policial.

  1. Ações de sensibilização:
  • 12 no âmbito florestal, tendo sido sensibilizadas 110 pessoas;
  • Uma no âmbito rodoviário, tendo sido sensibilizadas 37 alunos/crianças.